Doação de Sangue

Cachorros e gatos também podem precisar de transfusão de sangue, material que está em falta nas clínicas veterinárias. 

Na zona leste de São Paulo, o hemocentro Hemovet comercializa cerca de 120 bolsas (com 450 ml) por mês, mas avalia que deixa de atender a cerca de 60 pedidos de clínicas particulares. 

O BSVet, na Pompeia, não consegue atender nem à metade da demanda, segundo o veterinário Rafael Galesco. 

Segundo ele, fatores como tamanho do animal (que precisa ser de grande porte), ser saudável e calmo e a resistência de alguns donos tornam mais difícil a formação de estoque. A retirada do sangue, gratuita, dura cerca de dez minutos. 

 

 

A falta de bolsas de sangue é mais problemática em clínicas menores. O veterinário Fábio Bianchi, da Zoovet, na Vila Mariana, diz que, em cerca de metade das emergências em que a transfusão é necessária, não consegue sangue para o procedimento. 

Nesses casos, o próprio dono do animal tenta com conhecidos uma solução. "Às vezes o proprietário tem um vizinho que ajuda doando o sangue de seu cão", diz. 

No entanto, existe o risco de incompatibilidade sanguínea (10% dos casos) e de o sangue estar contaminado por algum parasita, especialmente de doenças transmitidas por carrapatos, como babesia. Já o sangue vindo de hemocentros passa por uma série de testes. 

A recomendação é, em caso de acidente, levar o animal para um hospital grande, que costuma ter estoque devido ao grande número de atendimentos. 

Uma bolsa de sangue, que pode ser armazenada por 30 dias, custa R$ 300. 

Fonte: 
http://www1.folha.uol.com.br/bichos/768382-falta-sangue-para-transfusao-de-cachorros-e-gatos-em-sp.shtml (fotos do nosso Logan doando Sangue)

 

 

Golden Calli

Especializado em Golden Retriever

  • Instagram
  • Wix Facebook page

© 2013 by CALLI, ISABELLA & 2ndogs.com

                    All rights reserved

"Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coracao humano o que Deus tem preparado para aqueles que os amam"   1 Corintios 2.9